sexta-feira, 30 de agosto de 2013

Doce de Melão


Doces e compotas fazem-me lembrar o inverno. Aqueles dias de chuva, filme na tv ao domingo à tarde, manta no sofá, scones... Para já ainda não tenho saudades nenhumas desse tempo, este calorzinho sabe mesmo bem! Mas muitas das compotas têm de ser feitas no verão, visto a fruta ser dessa altura.
E esta é uma delas... Melão...
Normalmente não acerto na escolha do melão, nisso não saio à minha mãe, e este doce foi feito com melão escolhido por ela...

Ingredientes para 2 frascos médios de doce:

2kg de melão limpo de casca e pevides
0,5kg de açúcar
1 limão
1 pau de canela

Modo de preparação:
Deite o melão no tacho que o vai levar ao lume, deite o açúcar por cima e deixe assim por 2 horas, mexendo de vez em quando até que o açúcar se dissolva todo.
Adicione a casca e o sumo do limão, o pau de canela e leve ao lume médio-baixo por 3h aproximadamente, mexendo frequentemente, até que atinja o ponto de estrada. Saberá quando está pronto, quando colocar um pouco do doce num prato e ao passar com o dedo formar-se-á uma "estrada".
Coloque o doce em frascos herméticos esterilizados, bem secos, tape com uma rodela de papel vegetal, pressione levemente para sair algum ar que possa ter, feche e volte-os para baixo para que crie vácuo. Deixe assim durante a noite até que arrefeça completamente.

Sirva com pratos doces, salgados ou apenas coma à colherada tal como apanhei a M na cozinha... :):):)

quinta-feira, 29 de agosto de 2013

Limonada de Melancia

Adoro limonada! Adoro simplesmente!
E com tantas variações que têm surgido ultimamente, lembrei-me de fazer com melancia... E? Fantástico!
Pura bebida de verão!...

Ingredientes para 4 pessoas:

2 fatias grossas de melancia
1 limão
1 lima
gengibre em pó q.b.
água q.b.
gelo q.b.
hortelã q.b.

Modo de preparação:
Retire as pevides e a casca à melancia e coloque-a no liquidificador, juntamente com o sumo de limão, o sumo de lima e uns pózinhos de gengibre. Ligue na velocidade máxima e deixe que fique tudo bem triturado. Acrescente a água necessária para que tenha a consistência desejada.
Deite nos copos ou num jarro, junte as folhas de hortelã e bastantes cubos de gelo.
Sirva de imediato.

quarta-feira, 28 de agosto de 2013

"Tirare Mi Su".... Tiramissu!

Este doce é assim chamado por ser bastante enérgico...
Com ou sem energia, é bom! É fresco! É doce! É Tiramissu!
Originalmente era feito com pão de ló, mas rapidamente foi substituído por biscoitos de champanhe ou palitos la reine...
O contraste do doce do creme, com o café de Amaretto e o amargo do cacau, confere-lhe um sabor divinal!

Ingredientes para 6 pessoas:
1 pastilha de café com aroma de Amaretto
200g de palitos la reine
3 ovos
290g de açúcar
125g de queijo mascarpone
2 folhas de gelatina
cacau em pó q.b.

Modo de preparação:
Prepare o café de amaretto, com água bem quente. Mexa e se for necessário, caso não o faça na máquina de café, coe o café.
Demolhe as folhas de gelatina em água fria.
Bata as gemas com 250g de açúcar até que fique uma mistura espessa e fofa. Junte o queijo e mexa até incorporar bem o queijo na gemada.
Com 2 claras faça um merengue, juntando 40g de açúcar, até que fique bem firme. Junte ao preparado anterior, cuidadosamente, bem como as folhas de gelatina derretidas por breves segundos no microondas. 
Demolhe os palitos no café morno, coloque no fundo da taça, por cima deite um pouco do creme e repita as camadas atá obter a altura desejada, sendo que a última camada deverá ser de creme.
Leve ao frio pelo menos por 2 hora. Na altura de servir polvilhe generosamente com cacau em pó.

terça-feira, 27 de agosto de 2013

O meu Bacalhau com Natas

Foi um máximo! Tinham de ver, um máximo! A cara da M quando lhe disse o que era o almoço...
Passo a explicar: a M perguntou o que era o almoço e eu disse-lhe que era peixe com batatas no forno, porque sabia que ela costuma dizer que não gosta de bacalhau com natas.. Então ela comeu, repetiu, disse que era o melhor peixe com batatas que já tinha comido e eu disse que lhe dava a receita para fazer com a mãe em casa. Lá foi ela buscar o seu caderninho toda contente e eu disse-lhe: "o nome da receita é bacalhau com natas". De rir!

Ingredientes para 4 pessoas:

750g de bacalhau
2 cebolas grandes em rodelas finas
4 dentes de alho laminados
1,5 kg batatas
75g de queijo da ilha ralado
0,5dl de vinho branco
60g de manteiga
75g de farinha
4,5dl de leite
1 folha de louro
sumo de 1 limão
azeite q.b.
sal q.b.
pimenta q.b.

Modo de preparação:
Coza o bacalhau em água e leite (metade de cada), enchendo só até que fique coberto.
Retire as espinhas e lasque-o. Reserve 7,5 dl do caldo da cozedura.
Descasque e corte as batas em cubinhos e leve a fritar em óleo quente.
Numa frigideira larga deite o azeite suficiente para cobrir o fundo, as cebolas, os alhos e a folha de louro, deixe refogar sem alourar mexendo frequentemente. Junte o vinho branco e deixe evaporar.
Prepare o molho: derreta a manteiga num tacho, junte a farinha e mexa bem. Aos pouco junte o leite, mexendo sempre para que não ganhe grumos. Adicione o caldo da cozedura do bacalhau, o sumo de limão e deixe ferver. Retire do lume e tempere a gosto com sal, pimenta e noz-moscada (atenção que o caldo já é salgado...).
Ao refogado junte o bacalhau e mexe sempre até que esteja bem incorporado (sem desfazer completamente, mas também sem deixar grandes pedaços).
Por fim junte as batatas bem escorridas, mexa tudo rapidamente, retire do lume e deite num tabuleiro próprio para ir ao forno.
Deite o molho por cima, fazendo pequenas aberturas para o molho possa infiltrar bem. Polvilhe com o queijo ralado e leve ao forno pré aquecido a 180º, até alourar, aproximadamente 15 minutos.
Sirva com uma salada de alface.

Para quem não dispensa as natas, pode acrescentar ao molho 200ml de natas, retirando a mesma quantidade de leite, mas acreditem, se fizerem como indico não vão sentir a falta das natas...

Experimentem! Fico a espera das vossas opiniões...

segunda-feira, 26 de agosto de 2013

Conchas com Atum

Com a mana mais nova cá em casa de férias, as refeições têm sido quase todas escolhidas por ela! Ora é strogonoff, pizza, hamburguer, bife com batatas fritas....
Hoje foi dia de massa com atum e como ela queria ajudar então a coisa foi feita de forma mais engraçada. Como a M disse: "Humm! Conchas com atum!"

Ingredientes para 4 pessoas:

1 embalagem de cotovelos gigantes
3 latas de atum natural
1 embalagem de queijo creme
1 cebola grande
2 tomates maduros
3 dentes de alho
1 folha de louro
azeite q.b.
salsa q.b.
queijo ralado q.b.

Modo de preparação:
Coloque os cotovelos numa taça e deite por cima água a ferver até que fiquem todos cobertos. Deixe assim por uns minutos.
Leve ao lume um tacho com um fio de azeite, a folha de louro, a cebola picada finamente, bem como os dentes de alho. Deixe refogar um pouco enquanto prepara o tomate. Retire a pele, corte em pequenos pedaços e junte então ao refogado, deixe em lume baixo por uns 5 minutos, mexendo de vez em quando.
Adicione o atum escorrido, mexendo com um garfo até que o atum fique todo desfeito. Junte o queijo creme, mexendo sempre de modo a que fique bem incorporado. Por fim polvilhe com a salsa picada.
Escorra os cotovelos e com a ajuda de uma colher de café, recheie a massa, enchendo bem. Aqui a crianças vão adorar ajudar!
Coloque os cotovelos recheados num tabuleiro untado generosamente com azeite, virados para cima e polvilhe com o queijo. Leve ao forno pré aquecido a 180º até que o queijo derreta. O recheio vai ajudar a terminar a cozedura da massa.

Pode servir como refeição principal ou como entrada que também fica muito giro!

sexta-feira, 23 de agosto de 2013

Lanche com as Amigas e com Ananás!

Estamos de volta!!
Espero que tenham sentido saudades das minhas receitas... :)

Nestes dias de calor sabe sempre bem um docinho, fresco e se puder ser mais para o saudável melhor, certo?? :)
Então aqui fica uma receita que além de ter estas três combinações, podem fazê-la para diversas ocasiões: lanche com as amigas, sobremesa para um almoço ou jantar, pequeno almoço na varanda...

Ingredientes para 4 pessoas:

250g de ananás fresco
50g de açúcar amarelo
2 iogurtes gregos naturais
casca de meio limão
chocolate preto q.b.
canela q.b.
4 biscoitos a gosto

Modo de preparação:
Prepare um doce rápido de ananás. Coloque o ananás em pedaços pequeninos num tacho com o açúcar e a casca de limão. Quando o açúcar se dissolver, aumente o lume até que comece a ferver e deixe reduzir o caldo que se formou, mexendo frequentemente. O ananás deve ficar ligeiramente dourado. Retire a casca do limão.
Numa taça deite no fundo o doce de ananás e por cima o iogurte grego. No cimo raspe um pouco de chocolate preto, polvilhe com a canela e termine com um biscoito ou bolacha a seu gosto.
Pode então substituir o iogurte por natas batidas em chatily, ficando assim com uma sobremesa mais doce, para os mais gulosos...

Servidos?

quinta-feira, 15 de agosto de 2013

Azáfama...

Esta semana não é nada fácil cá para estes lados: Festas da cidade, aniversário do M, família toda cá em casa... mas sabe bem toda esta animação!
Não há é tempo para tudo e as receitas têm ficado no caderno..
Por isso, as comidinhas e gulodices voltam na próxima semana.
Bom feriado, bom fim-de-semana, beijinhos e abraços!

sexta-feira, 9 de agosto de 2013

Folhados de Salmão

Só há relativamente pouco tempo comecei a gostar de salmão. Achava um peixe muito gordo e enjoativo, mas a minha opinião mudou quando há cerca de 3 anos, aconselhada pelo peixeiro, comprei salmão congelado, em posta, capturado em alto mar, nada de viveiros... Aahhh, assim já era outra coisa. É realmente saboroso, sabe a mar...
Esta é mais uma das receitas para quando há pouco tempo, o tempo de cozinhar é o tempo de tomar um banho ou preparar as coisas para o dia seguinte.

Ingredientes para 2 pessoas:
2 postas de salmão
1 placa de massa folhada
1 limão
1 colher de sopa manteiga
2 tomates secos
salsa q.b.
sal q.b.
pimenta q.b.

Modo de preparação:
De véspera (se possível) tempere o salmão com o sumo do limão, sal, pimenta e com uma faca bem afiada retire a pele em volta do peixe.
No dia, estenda a massa até ter a espessura desejada e corte em 2 pedaços.
Numa tigela misture bem a manteiga, a salsa picada, o tomate seco também picado e a raspa de metade do limão. Sobre cada um dos pedaços de massa coloque uma posta de salmão, por cima deite uma colher da mistura de manteiga. Enrole a massa, dobrando os lados para cima do peixe, e quando os folhados estiverem fechados, faça 2 cortes superficiais na massa para que o peixe cozinhe melhor. Coloque num tabuleiro forrado com papel vegetal e leve ao forno pré aquecido a 180º por 15 minutos, aproximadamente.
Sirva com uma salada de alface e rúcula.

Que tal?

quinta-feira, 8 de agosto de 2013

Bolo de Coco e Cerejas... A Despedida das Cerejas....

Isto cá por casa tem sido um frenesim de cerejas.... Meti na cabeça que vou fazer uma almofada com os caroços das cerejas (boa para dores musculares e articulações e óptima para aquecer a caminha do M quando está frio) e quando ponho uma coisa na cabeça...só se não puder é que não faço!
Então, há cerejas ao pequeno almoço, em salada de frutas, em doces e compotas, até já há congeladas para quando houver apetite por elas e não se encontrarem nas prateleiras da mercearia... O que já está difícil...
Assim hoje, deixo-vos um bolo com duas frutas que adoro: Coco e cerejas.

Ingredientes:

300g de cerejas descaroçadas
130g de manteiga
150g de açúcar
2 ovos
100g de coco
70g de farinha
1 colher de chá de fermento
120ml de leite
1 lima
1 pitada de sal

Modo de preparação:
Numa forma untada com manteiga e polvilhada com farinha (ou se preferir, forrada com papel vegetal) espalhe no fundo 30g de manteiga, 60g de açúcar e as cerejas.
Na batedeira, bata a manteiga com o açúcar até que fique uma mistura fofa e esbranquiçada. Junte as gemas, o leite, o coco, o sumo e a raspa da lima, sem nunca parar de bater.
Adicione com a velocidade no mínimo, a farinha com o fermento, até que fique tudo bem incorporado.
Com uma colher de pau, introduza cuidadosamente as claras batidas em castelo com uma pitada de sal.
Deite a massa na forma, alisando a superfície e leve ao forno pré-aquecido a 180º, por 45 minutos, aproximadamente, ou até que ao inserir um palito no centro do bolo, este saia limpo.
Desligue o forno e deixe o bolo na forma com a porta aberta, por uns 15 minutos. Retire, deixe arrefecer sobre uma rede e desenforme para o prato de servir.

Estas cerejas eram super sumarentas e carnudas, por isso o bolo ficou mais escuro..

Quem é servido?

terça-feira, 6 de agosto de 2013

Lombinhos de Porco com Gambas

Vá-se lá saber porquê, mas no outro dia dei comigo a pensar num restaurante em Caneças, ao qual fui várias vezes com os meus pais e restante família, há muitos, muitos anos... E quando lá íamos eu comia sempre o mesmo, porque simplesmente adorava. Não sei porque me lembrei disto, mas o que é certo é que me apeteceu voltar a comer os lombinhos de porco com gambas!.. Ainda por cima no dia anterior tinha temperado 2 lombinhos.. Lá fui eu para a cozinha...

Ingredientes para 4 pessoas:
2 lombinhos de porco
0,5 kg de gambas
3 dentes de alho
1 limão
1 colher de sopa de vinagre
1 dl de vinho tinto
1 colher de sopa de mostarda dijon
1 colher de sopa de manteiga sem sal
coentros q.b.
azeite q.b.
sal q.b.
pimenta q.b.

Modo de preparação:
Limpe os lombinhos de possíveis gorduras, corte-os em rodelas e tempere com sal, pimenta, vinho tinto e os dentes de alho esmagados. Esta operação pode fazê-la no dia anterior para que a carne fique mais saborosa.
Numa frigideira larga coloque uma boa quantidade de azeite, a manteiga e os dentes de alho, deixe aquecer e junte os lombinhos e a mostarda. Deixe em lume médio durante 3 minutos e depois vire-os. Neste momento junte as gambas inteiras, o vinagre, os coentros picados e regue com o sumo do limão. Aumente o lume e deixe tapado por 2 minutos. Retire todos os pedaços de carne, coloque o lume no máximo, deixe que as gambas fiquem douradinhos e que o molho reduza ligeiramente. Retire do lume.
Junte novamente a carne, incorporando tudo muito bem e sirva de imediato, acompanhado de arroz branco e salada.

domingo, 4 de agosto de 2013

Massa com cogumelos, grelos e queijo feta

Sim, sim eu sei! Receitas mais light? Ok... hoje pode ser... mas só hoje e porque é domingo, porque fomos à praia, porque perdemo-nos de riso na brincadeira com o M, porque fomos passear o X, porque sabe bem chegar a casa e comer algo mais leve e aproveitar o resto do dia...

Ingredientes para 2 pessoas:

250g de cogumelos frescos marron
1/2 molho de grelos
1 dente de alho
1 cebola pequena
2 tiras de queijo feta
1 dl vinho branco
esparguete q.b.
azeite q.b.
sal q.b.
pimenta q.b.

Modo de preparação:
Coza o esperguete em água a ferver com sal e a cebola. Quando estiver al dente, escorra e salteie ligeiramente com azeite (ou manteiga sem sal).
Coza os grelos também em água e sal, tendo sempre atenção para que não fiquem demasiado moles.
Coloque numa frigideira um fio de azeite e o alho laminado. Quando o alho dourar ligeiramente, introduza os cogumelos laminados e deixe cozinhar por 5 minutos em lume médio. Regue com o vinho branco, tempere com sal e pimenta a gosto, aumente o lume e deixe o álcool evaporar. Junte os grelos partidos grosseiramente e mexa de modo a que fiquem bem incorporados. Retire do lume.
Corte 2 tiras do queijo feta e depois em cubos.
Sirva o esperguete com os grelos, os cogumelos e o queijo feta.
Pode terminar com um molho de iogurte ou maionese, mas por estes lados, o azeite e o vinagre dominam...

Bom Domingo!


sábado, 3 de agosto de 2013

Cheesecake de Lima


Com origem na Grécia mas com popularidade formada nos Estados Unidos, o cheesecake deve ser das sobremesas que mais variações tem. Existem mil e uma combinações e maneiras diferentes de o fazer.. Esta é mais uma dessas maneiras. Não é dos que são cozidos no forno, também delicioso, mas essa mostro-vos um dia mais tarde...

Ingredientes:

300g de queijo fresco
200 ml de natas
125g de iogurte natural
50g de açúcar
4 folhas de gelatina
300g de bolachas digestivas
1 lima
manteiga sem sal q.b.
compota a gosto

Modo de preparação:
Pique grosseiramente as bolachas e junte a manteiga necessária até que dê para fazer a base. Não pique em demasia, para que se possam sentir alguns pequenos pedaços de bolacha. Coloque no fundo de uma forma de mola, pressionado bem.
Coloque as folhas de gelatina de molho em água fria até que fiquem hidratadas.
Para o recheio bata as natas na batedeira até que comecem a espessar. Junte o açúcar, o sumo e a raspa da lima e bata até que fiquem em chantilly.
Passe na varinha mágica o queijo fresco juntamente com o iogurte, de modo a que fiquem bem incorporados e sem nenhum grumo.
Derreta as folhas de gelatina no microondas por 10 segundos e introduza na mistura anterior, mexendo bem. Cuidadosamente junte as natas em chantilly e deite por cima da base de bolacha. Leve ao frio até solidificar.
Na altura de servir, coloque a compota por cima, de preferência feita em casa com fruta da época. Neste caso foi compota de morangos e framboesas com vinagre balsâmico.

Quem resiste?


Entremeada, salada de tomate e pimentos, com feijão preto

Hoje vou deixar-vos 2 receitas para fazer neste fim-de-semana. Com o sol e as idas à praia, apetece fazer as comidas de verão, apetece comê-las, apetece ir passear, ir comer gelados, dormir na rede...
Sabe mesmo a verão!

Ingredientes para 4 pessoas:

12 fatias de entremeada fininhas
500 g feijão preto seco
4 tomates
1 pimento vermelho
1 pimento verde
2 cebola
1/2 chouriço caseiro
3 dentes de alho
1 limão grande
1 dl de vinho tinto
1 dl de vinho branco
azeite q.b.
vinagre q.b.
sal q.b.
pimenta q.b.

Modo de preparação:
Tempere a entremeada (em tiras finas e depois partidas em 3 pedaços cada) com sal, pimenta, o vinho tinto, 2 dentes de alho finamente picados e um fio de azeite. Deixe ficar assim pelo menos por 2 horas no frigorífico. Coloque o feijão de molho em água fria também por 2 horas. Estas duas operações pode fazê-las no dia anterior se preferir.
Coza o feijão na panela de pressão com sal, 1 cebola e o chouriço caseiro.
Enquanto isso prepare a salada: grelhe os pimentos numa placa bem quente, virando em todos os lados até que fiquem com a pele preta. Retire e feche-os num saco de plástico por uns minutos. Depois lave-os em água fria, retirando toda a pele e sementes. Parta em tiras finas e depois em cubos. Retire as grainhas aos tomates e parta-os também em cubos. Polvilhe com coentros (ou salsa no caso do B e da C... :p), tempere com sal, azeite e vinagre. Reserve.
Faça um refogado com 1 cebola picada, 1 dente de alho e azeite. Junte um tomate maduro em pedaços e deixe estufar por 5 minutos. Regue com o vinho branco, junte o feijão, o chouriço em pedaços e um pouco da água da sua cozedura. Deixe ferver por 5 minutos. Rectifique os temperos.
Grelhe numa placa bem quente as entremeadas, virando de ambos os lados até que esteja bem douradinha.
Sirva a entremeada com a salada de tomate e pimentos, o feijão preto e acompanhe com arroz branco.

Bom apetite!!

sexta-feira, 2 de agosto de 2013

Peixe-Espada no forno com Salada de batata

No outro dia a falar com a minha amiga D, ela disse que precisava comer mais peixe e de preferência que fossem receitas rápidas para se fazerem quando se chega mais tarde do trabalho.
Então lembrei-me desta receita que surgiu cá em casa devido às mesmas circunstâncias...
Ainda por cima, é um peixe que por norma se come frito ou grelhado, o que faz um chiqueiro de todo o tamanho, mas desta forma podemos comer peixe-espada, com todo o sabor, sem fazer cheiros ou fumarada na cozinha e que se prepara quase sozinho enquanto se trata da criançada...

Ingredientes para 2 pessoas:

4 postas de peixe-espada
3 dentes de alho
1 limão
1/2 molho de salsa
4 pés de hortelã
sal q.b.
pimenta q.b.
azeite q.b.

Modo de preparação:
Descasque as batatas e coloque-as a cozer em água e sal.
Coloque o peixe em postas (compridas) num tabuleiro próprio para ir ao forno. Dê 2 golpes em cada posta e neles introduza lâminas de 2 dentes de alho. Regue com sumo de metade do limão e com a outra metade corte rodelas fininhas e disponha por cima das postas de peixe. Leve ao forno a 180º por 30 minutos, aproximadamente. Não deixe demasiado tempo para que o peixe não seque.
Quando as batas estiverem cozidas, escorra e polvilhe com 1 dente de alho bem picado, a salsa e a hortelã picados grosseiramente. Regue com um bom azeite e tempere com pimenta preta acabada de moer.

Espero que a D e a pequena L gostem...

E vocês, gostaram?

quinta-feira, 1 de agosto de 2013

Queijada de Maçã

Muitas das minhas amigas já têm esta receita, mas hoje vou partilhá-la convosco visto ser um sucesso e muito rápida de se fazer!
Foi dada à minha mãe há muitos anos pela prima G e desde então que não saiu do nosso livro de receitas nem das receitas repetidas com frequência. É óptima quando está morna com uma bola de gelado a acompanhar... É óptima fresca... É óptima!
Assim têm sempre uma sobremesa para o verão e para o inverno, muito prática e super saborosa!
Dei-lhe o nome de queijada por ficar com o interior semelhante ao das queijadas, apesar de não levar queijo...

Ingredientes:

3 maçãs
3 ovos
2 chávenas de açúcar
2 chávenas de leite
1 chávena de farinha

Modo de preparação:
Ligar o forno a 180º.
Untar uma forma com manteiga e polvilhar com farinha, ou então, para os mais preguiçosos como eu, forrar com papel vegetal!
Descascar e cortar as maçãs em gomos fininhos e colocar no fundo da forma. Não adianta colocar de maneira bonitinha porque quando se deitar a massa por cima, que é bastante liquida, a maçã vai flutuar e tomar a forma que bem quiser...
Bater muito bem os ovos com o açúcar. Juntar alternadamente a farinha com o leite. Deite por cima das maçãs e leve ao forno por 40 minutos aproximadamente.
Retire e deixe arrefecer na forma.
Coloque num prato de servir e polvilhe com canela e açúcar em pó.
Sirva com gelado e decore a gosto!

Boas gulodices!